sexta-feira, 25 de maio de 2018

Uma adolescente de 16 anos foi baleada na noite desta quinta-feira (25), na comunidade Gervásio Maia, no bairro Colinas do Sul, em João Pessoa.

Segundo a Polícia Militar, a garota disse que estava na praça da comunidade quando foi atingida por três tiros.

A PM falou que ninguém soube informar quem teria efetuado e qual seria a motivação da tentativa de homicídio.

Ela foi socorrida para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa em estado grave.

Garota é baleada com três tiros em praça de João Pessoa e fica em estado grave

Na madrugada desta sexta-feira (25) uma operação da 65ª resultou na prisão de um casal com submetralhadora, revólver, munições, coletes balísticos e entorpecentes em Feira de Santana, a 110 quilômetros de Salvador.

Policiais militares chegaram na Rua Farias de Brito, bairro Nova Esperança, com o objetivo combater o tráfico de entorpecentes na região, e lá prenderam uma mulher e apreenderam um adolescente, que seria o companheiro dela. 

A PM apreendeu com a dupla uma submetralhadora de fabricação artesanal, um revólver calibre 32, dois coletes balísticos, munições dos calibres 32 e 380, três papelotes de cocaína e uma porção maior da mesma droga, seis porções de maconha e 57 pedras de crack.

Os dois foram apresentados na Central de Flagrantes, localizada no bairro Sobradinho.

Fonte: Deptº Comunicação/PM, e imagem reprodução. via Central de Policia

Casal é preso com submetralhadora, revólver e drogas em Feira de Santana

Preços subiram tanto que, em um hortifruti na Rua Marquês de Abrantes, no Flamengo, a atendente fica circulando com a lista de preços para informar aos clientes
Os consumidores que procuram os hortifrutis no Rio na manhã nesta sexta-feira voltam a encontrar prateleiras vazias e preços exorbitantes. Por causa da baixa oferta, em função da greve dos caminhoneiros, os valores estão sendo atualizados o tempo todo. Alguns clientes se sentem como nos tempos da inflação fora de controle.

Em um hortifruti no Flamengo, na Zona Sul do Rio, o caminhão chegou praticamente vazio. Apenas pequenas quantidades foram entregues. No interior da loja, uma funcionária circula com uma lista com os preços atualizados para informar aos clientes, já que as mercadorias estão sendo reajustadas pela gerência.

O quilo da batata, por exemplo, passou de R$ 2,79 para R$ 11. A cliente Paula Lockmann desistiu de levar o pimentão verde, à venda por R$ 12,99.

— Está parecendo o tempo da hiperinflação, em que os funcionários ficavam com as maquininhas reajustando os preços. Estão aumentando tanto que não colocaram nem as plaquinhas com os valores atuais.

Para driblar os aumentos, o jeito foi mudar o cardápio:

— Não dá para pagar R$ 13 pelo pimentão. Vou aproveitar que está frio para fazer sopa de abóbora — disse a empresária, de 40 anos.

Em outras prateleiras, mais absurdos. O molho de coentro passou de R$ 1,69 para R$ 5. O abacaxi, que custava R$ 6,99, está à venda por R$ 14. O tomate, que custava de R$ 5, 99 a R$ 6,99 (o quilo), de acordo com o tipo, agora tem preço único: R$ 14,99.

A professora Edna Coelho, de 69 anos, voltou para casa sem encontrar alface e cenoura, mas comprou outras mercadorias no hortifruti:

— O pior é que a mercadoria disponível está ruim, porque não estão repondo como antes. Espero que isso se normalize logo.

De acordo com o gerente de outro hortifruti no Flamengo, a previsão é que as entregas se normalizem até este sábado. No interior da loja, os clientes não encontram mais cenouras, cebolas ou verduras.

Consumidores também perceberam a ausência de carnes e lacticínios nos pequenos negócios da região. Mas, na manhã desta sexta-feira, alguns caminhões já são vistos entregando as encomendas a hortifrutis e mercados pequenos da Zona Sul.

Greve dos caminhonheiros: reajuste de preços agora é em tempo real, como nos tempos de hiperinflação

Casos de câncer devem aumentar 58% até 2035, diz Fundo de Pesquisa
Um relatório do Fundo Mundial de Pesquisa sobre o Câncer (WCRF - World Cancer Research Fund, em inglês) alerta para o grande aumento de casos de câncer nos próximos anos. O documento intitulado "Dieta, Nutrição, Atividade Física e Câncer: uma Perspectiva Global", divulgado hoje (24), ressalta o excesso de peso e a obesidade, somados a estilos de vida com pouco exercício e muita comida "rápida" e processada, como principais fatores no desenvolvimento do câncer.

Em 2012, foram registrados cerca de 14,1 milhões de casos de câncer em todo o mundo (7,4 milhões de casos em homens e 6,7 milhões em mulheres). De acordo com o documento, este número deverá alcançar os 24 milhões de casos até 2035, o que representa um alarmante aumento de 58%.

O Fundo Mundial de Pesquisa sobre o Câncer e o Instituto Americano de Pesquisa do Câncer lançaram também recomendações para a redução do risco de desenvolvimento da doença. Baseadas nos estudos mais recentes disponíveis, as recomendações são: ter um peso saudável; ser fisicamente ativo; comer cereais integrais, frutas, legumes e grãos; limitar o consumo de fast-foods assim como de carnes vermelhas e processadas; evitar o consumo de bebidas adoçadas, priorizando o consumo de água e bebidas sem açúcar; limitar o consumo de álcool; optar por satisfazer as necessidades nutricionais por meio de dietas, em vez de consumir suplementos alimentares; amamentar, que é saudável tanto para a mãe, quanto para o bebê.

Mundo

Em 2012, o câncer de pulmão foi o câncer mais comum no mundo, contribuindo com 13% do total de novos casos diagnosticados. O câncer de mama (somente em mulheres) foi o segundo mais comum, com quase 1,7 milhão de novos casos no mesmo ano. O câncer colorretal foi o terceiro, com quase 1,4 milhão de casos.

Entre os homens, o câncer de pulmão foi o mais comum em todo o mundo, representando quase 17% do número total de novos casos, em 2012. Os três principais tipos da doença, pulmão, próstata e colorretal, contribuíram com quase 42% de todos os cânceres (excluindo câncer de pele não-melanoma).

Entre as mulheres, o câncer de mama foi o mais comum no mundo, contribuindo com mais de 25% do total de novos casos diagnosticados em 2012. Os três principais tipos da doença, mama, colorretal e pulmão, contribuíram com mais de 43% de todos os cânceres (excluindo câncer de pele não-melanoma). O câncer do colo do útero contribuiu com quase 8% de todos os casos.

Casos de câncer devem aumentar 58% até 2035, diz Fundo de Pesquisa

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve julgar em breve se um cidadão que se tornou réu em ação penal pode ser candidato à Presidência da República. A consulta foi feita pelo deputado Marcos Rogério (DEM-RO).

Em parecer encaminhado ao relator, ministro Napoleão Nunes Maia, a área técnica do TSE o aconselhou a não responder ao questionamento, uma vez que não trata “apenas sobre matéria eleitoral, tampouco apresenta a necessária clareza e objetividade para ser respondida; gerando, ainda, multiplicidade de ilações”.

Segundo o parecer, assinado pela analista judiciária Elda Eliane de Almeida, a consulta não é clara por não informar qual seria o objeto da hipotética ação penal contra o candidato nem em qual instância estaria tramitando neste momento, “o que faz com que o desfecho das indagações antecipe ilação sobre situação concreta que somente poderá ser aferida na data ou após a realização do pleito eleitoral”.

Ao menos dois pré-candidatos à Presidência da República encontram-se na condição de réus: o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que responde a seis ações penais na primeira instância da Justiça Federal; e o deputado Jair Bolsonaro (PSL-RJ), que é alvo de duas ações penais no Supremo Tribunal Federal (STF).

A consulta se baseou no que diz o artigo 86 da Constituição, segundo o qual o presidente ficará suspenso de suas funções, “nas infrações penais comuns, se recebida a denúncia ou queixa-crime pelo Supremo Tribunal Federal”. O deputado também mencionou julgamento do STF no qual ficou decidido pelo plenário, em fevereiro de 2017, que réus na linha sucessória da Presidência da República estão impedidos de substituir o presidente.

Para a área técnica do TSE, responder às indagações do parlamentar estaria ainda além da competência da Justiça Eleitoral, pois as perguntas se referem também a questões posteriores à diplomação do candidato vencedor no cargo.

A consulta está incluída na pauta da próxima sessão plenária do TSE, marcada para terça-feira (29), quando deve ser debatida entre os ministros da Corte Eleitoral.

Confira as perguntas feitas pelo deputado Marcos Rogério (DEM-RO):
  1. Pode um réu em ação penal na Justiça Federal candidatar-se à presidência da República?
  2. Em caso de resposta positiva à pergunta anterior, caso eleito e perdurando a condição de réu, ele poderá assumir o mandato de Presidente da República?
  3. Em caso de resposta positiva às indagações anteriores, pode um réu em ação penal na Justiça Federal, em razão de denúncia de supostos crimes cometidos no exercício da Presidência da República, em mandato anterior, candidatar-se à presidência da República?
  4. Em caso de resposta positiva à pergunta anterior, caso eleito e perdurando a condição de réu, ele poderá assumir o mandato de Presidente da República?

TSE vai dizer se Lula e Bolsonaro podem concorrer à Presidência



Repórter PB 

Além de queda coice! Várias pessoas são assaltadas enquanto esperavam na fila para abastecer

Empresário é morto com tiro de 12 na cabeça no Sertão da Paraíba
Um empresário de 50 anos foi assassinado nesta sexta-feira (09), com tiro de espingarda 12 na zona rural do município de Santa Inês, sertão da Paraíba.

A autoria e motivação do crime é um mistério. A Polícia Militar foi acionada e encontrou a vítima caída ao solo e já sem vida.

A área foi isolada até a chegada do Rabecão para encaminhar o corpo ao NUMOL de Patos. A Polícia Civil investiga o caso..

Empresário é morto com tiro de 12 na cabeça no Sertão da Paraíba

Gláucio Ericeira – O deputado estadual Eduardo Braide mostra-se está cada vez mais distante do projeto que o possa levar para uma candidatura ao governo do Maranhão, este ano.

Segundo colocado nas eleições municipais de São Luís, em 2016, e aparecendo em terceiro lugar na corrida sucessória para o Palácio dos Leões, de acordo com recentes levantamentos de intenção de voto, Braide permanece em silêncio sepulcral quando o assunto relaciona-se à disputa.

Presidente do nanico PMN, o parlamentar ainda não conseguiu cooptar outros partidos que possam lhe oferecer sustentação e aumentar o seu tempo na propaganda eleitoral gratuita, que hoje são de apenas dois segundos.

Paralelo a isso, outros lances apontam para o cenário no qual o deputado não esteja participando do pleito.

O PSC, por exemplo, sigla que possui, neste momento, como expoente maior a deputada federal Luana Alves, atual coordenadora da Bancada Maranhense em Brasília, já ensaia compor com outros pré-candidatos.

Indicação clara disso foi dada pela própria deputada, que fez questão de participar recentemente de ato político no qual a ex-governadora Roseana Sarney (MDB) confirmou que será, de fato, candidata.

O mais provável é que Eduardo Braide concorra ao cargo de deputado federal, mirando na eleição para prefeitura da capital maranhense, em 2020.

Braide cada vez mais distante da disputa para o governo do Maranhão

Homem furta moto em Castelo do Piauí e acaba preso minuto depois
Na noite desta quinta-feira (25/05), a Polícia Militar de Castelo do Piauí realizou a prisão de um homem identificado como Patrício Diego Paz da Silva, 29 anos, residente em São Miguel. Ele é acusado de furtar uma motocicleta modelo Honda Titan 150.

Segundo informações, o dono da motocicleta teria ido na casa da sua mãe, no centro de Castelo do Piauí, quando ao chegar no local desceu da moto e deixou a chave no contato. Ao retornar, minutos depois, não encontrou a motocicleta. A vítima entrou em contato com a PM e comunicou o fato. 

Após furtar a moto, o ladrão seguiu pela PI-115 com destino a cidade de São Miguel do Tapuio, sendo preso pela PM nas proximidades da localidade Santa Helena.

Ao chegar na Delegacia de Polícia Civil de Castelo foi constatado que existem dois mandatos de prisão em aberto contra o mesmo.

Homem furta moto em Castelo do Piauí e acaba preso minuto depois



O Empresário sousense Saul Estrela Sobrinho morreu vítima de um grave acidente na madrugada desta sexta-feira (25) na BR 230 próximo ao Distrito de Gravatá, no município de São João do Rio do Peixe.


Saul seguia em seu veículo, uma Hillux de cor prata pela BR 230, quando perdeu o controle do automóvel, saindo da pista e capotando várias vezes.

Com o impacto, Saul foi arremessado para fora do carro, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no local.

O corpo foi encaminhado ao Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (NUMOL) na cidade de Patos para realização do exame cadavérico.

TRAGÉDIA! Empresário sousense morre em grave acidente durante a madrugada na BR 230

Seguidores

Acessos

Postagens