Lenilson Ferreira de Melo 22 anos natural de Almino Afonso e residente em Barauna, foi preso na manhã desta segunda feira 18 de agosto em Mossoro no Rio Grande do Norte O mesmo foi preso pela guarnição da Bic 03 comandada pelo PM Emanuel, após roubar uma Moto Biz de uma mulher nas proximidades da Estação das Artes no centro de Mossoró. Lenilson foi localizado nas proximidades do Viaduto de acesso a UNP e possivelmente já estaria fugindo para Barauna levando a motocicleta roubada. Ao avistar a viatura da PM o indivíduo abandonou a motocicleta e tentou se evadir, mas foi detido e conduzido à Delegacia de Furtos e Roubos.
A vitima, que compareceu a Defur disse ao delegado que o acusado não apresentou arma no momento do roubo.


O secretário de controle externo do Tribunal de Contas do União (TCU), Alexandre Walraven, visitou o Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA). Acompanhado do secretário de controle externo do TCE/MA, Bruno Almeida, e das auditoras estaduais de controle externo Auricéa Costa Pinheiro e Helvilane Maria Abreu Araújo, Walraven apresentou ao presidente do TCE, conselheiro Edmar Serra Cutrim, os resultados da auditoria coordena realizada de forma conjunta pelo TCU e TCE que diagnosticou a situação do ensino médio no Maranhão.

A iniciativa, coordenada pelo Instituto Rui Barbosa (IRB), a Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) e pelo Tribunal de Contas da União, teve por objetivo realizar auditoria operacional para identificar as características da gestão do ensino médio no Maranhão.

O desenvolvimento desse trabalho por meio de auditorias coordenadas aconteceu em razão da possibilidade de troca de experiências, da disseminação de melhores práticas de auditoria e do aperfeiçoamento das competências profissionais dos auditores, uma vez que o intercâmbio de informações é uma constante ao longo de todo o trabalho.

Essa modalidade de auditoria permite uma compreensão mais detalhada do tema que é objeto do trabalho, possibilitando, a partir dos seus resultados, que sejam formuladas políticas públicas mais eficazes e estratégias de planejamento e execução que otimizem o uso dos recursos públicos, aprimorando a qualidade dos serviços que são oferecidos à sociedade. O que é uma questão prioritária sobretudo na área de educação.

Entre os principais aspectos que foram analisados na auditoria coordenada no Ensino Médio estão a gestão da rede de ensino; a infraestrutura das escolas; a disponibilidade e a formação dos professores; a valorização da carreira; o financiamento e a cobertura escolar do ensino médio.

Os resultados da auditoria foram consolidados na publicação Sumário Executivo da Auditoria Coordenada no Ensino Médio e também estão disponíveis para consulta no site www.tcu.gov.br.

O conselheiro Edmar Cutrim destacou a importância das auditorias coordenadas e afirmou que o TCE maranhense sempre irá participar de iniciativas dessa natureza: “O Sistema de Controle Externo Brasileiro se fortalece com a integração e a troca de conhecimentos oportunizadas por um projeto dessa magnitude. Ao liderar esse processo, o TCU demonstra mais uma vez a importância da atuação rigorosa dos tribunais de contas em no controle dos procedimentos executados no âmbito da gestão pública”, disse Edmar Cutrim.

Fonte: Neto Ferreira / Via O Blogueiro Luziense
PRETENDENTE AO GOVERNO DO MATO GROSSO RIVA, RESPONDE A 117 PROCESSOS
re
Alvo de 117 processos, José Riva é recordista entre candidatos que
disputam o cargo de governador no país.
O deputado estadual José Geraldo Riva (PSD-MT), que tenta se eleger governador do Mato Grosso, é o postulante com o maior número de processos entre todos os candidatos que disputam o cargo de governador no país. Sozinho, Riva responde a quase 36% das ações que correm contra candidatos em todo o Brasil. Considerando-se tribunais de Justiça, tribunais de Contas e tribunais Eleitorais, José Geraldo Riva é alvo de 117 processos.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) impugnou a candidatura do governador, mas Riva recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e poderá fazer campanha até a decisão final. O candidato acredita que será inocentado pelo TSE. “Tenho certeza de que vamos derrubar (a decisão) no julgamento técnico do Tribunal Superior Eleitoral”, disse ao jornal O Estado de S. Paulo. “Nem faço questão de me eleger. O mais importante é mostrar que sou inocente”, completou.

Riva alega não estar enquadrado na Lei da Ficha Limpa porque em suas condenações não está configurado que houve, cumulativamente, dolo, enriquecimento ilícito e prejuízo ao erário. “Quem conhece minha história sabe que não tem nada a ver”, disse.

O candidato foi processado, entre outras irregularidades, por um escândalo de desvio de recursos ocorrido quando ocupava a presidência da Assembleia Legislativa do Mato Grosso. Riva e outro parlamentar, na época, foram acusados de movimentar, entre 1998 e 2001, R$ 65 milhões das contas da Assembleia, que foram parar em empresas de João Arcanjo Ribeiro, acusado de comandar uma organização criminosa com ramificações no Executivo e no Legislativo do Estado.


Um homem foi morto com um tiro na cabeça ao chegar na calçada em frente a residência em que sua mãe trabalha. Ao crime aconteceu por volta das 13 hs, desta sexta-feira (26), na rua Almir Silva, bairro Altamira, próximo a casa do deputado Rigo Teles. 

Segundo informações, a vítima Kairano José da Costa, iria buscar sua mãe na residência em que a mesma trabalha. Ele havia descido da moto e em seguida foi alvejado na cabeça, tendo morte instantânea.

Policiais militares e civis foram até o local e colheram informações acerca do crime. Populares que viram o momento do crime, relataram que um homem pilotando uma motocicleta Bros se aproximou da vítima e fez o disparo.

O corpo de Kairano foi levado para o necrotério do Hospital Acrisio Figueira.


Morreu neste sábado (20/09), em São Luís, o jovem Faresy Sales Santos, vítima de um acidente com motocicleta.

Faresy era filho de Flávio Santos, proprietário do Bar do Fuscão, no Bairro da Cruz, e de Nazaré Santos, que reside em São Luís. Era amado pelos pais e por seus avós, Seu "Sinuca" e Dona Pedrina, residentes no bairro Novo Castelo. Após uma adolescência conturbada, o jovem havia se mudado para a capital para tentar ganhar a vida, por falta de oportunidades locais.

Faresy Santos deixa uma filha, demais familiares e amigos com um vazio no peito.


Investir em Tiririca rende altos dividendos, e não apenas políticos. A votação obtida pelo deputado federal em 2010 – 1,35 milhão de votos, recorde nacional – garantiu ao Partido da República (PR) entre R$ 14 milhões e R$ 15 milhões em verbas do Fundo Partidário, que é constituído por dinheiro público, segundo cálculos do Portal iG com base em dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O valor é cerca de 17 vezes maior que os R$ 805 mil gastos pelo PR para eleger o humorista, que provavelmente obterá um novo mandato neste ano a um custo orçamento semelhante – e relativamente baixo – para a legenda.

A título de comparação, se a mesma quantia tivesse sido depositada na poupança, o PR teria hoje R$ 1 milhão.



O clima de paz e tranqüilidade na cidade de Imperatriz foi quebrada na madrugada deste domingo de Páscoa (20), por volta das 2h, quando um homem foi assassinado na Avenida Liberdade em cima da Ponte sobre o Riacho Bacuri, na Vila João Castelo.

A vítima foi identificada como Hermis Sergio da Silva Barbosa, 39, ele foi morto com 17 golpes de faca e sendo 16 nas costas e outra profunda no pescoço. Ao lado do corpo estava a moto da vítima.

Uma equipe da Samu foi acionada por populares para prestar socorro a vítima esfaqueada, mas ao chegar no local foi constatado o óbito. Os profissionais do ICRIM e IML estiveram no local onde fizeram os primeiros levantamentos e a remoção do corpo para o Instituto.

Ainda não se sabe o que teria provocado a morte de Hermis Sergio, mas Polícia Civil já está investigando quem teria sido o autor do crime.

criança pai

Uma tentativa de homicídio praticada na cidade de Luís Correia, no litoral do estado do Piauí, está deixando a população da região indignada com o fato.

Um homem identificado como Márcio dos Santos Mendes, tentou matar seu próprio filho de 6 anos por não aceitar a separação com sua esposa.

O acusado raptou a criança no último dia 19 e a levou para a casa de seus pais em Luís Correia, e por volta das 22hs dessa sexta-feira (26) ele fez uma ligação para seu pai dizendo que seu neto estava no local próximo ao morro da Tatajuba, onde ele desferiu uma violenta facada na barriga de seu filho, causando exposição de vísceras.

A criança foi socorrida pelo avô e encaminhada ao pronto socorro do Heda em estado grave, onde passou por procedimentos cirúrgicos e encontra-se sob observação médica.

Márcio ligou para a mãe da criança e disse: “Seu filho já era, já que tu não me quer mais”. Ele continua fazendo ligações até o momento para sua ex pedindo para reatar o relacionamento dizendo estar arrependido.


Do Meio Norte, com edição do GI Portal/ Via CN 1


Ficar muito tempo vendo pornografia pode significar mais do que uma predileção por sexo, mas um transtorno compulsivo. Passar madrugadas adentro vendo sites, acessá-los no trabalho e preferir o sexo virtual ao real são sintomas do descontrole. Segundo os especialistas consultados, o “vício em pornografia” pode atrapalhar o ato “de verdade” e afetar em cheio a vida profissional e social.

É o exemplo do estudante de direito Jorge (nome fictício), de 20 anos, que tem dificuldades para fazer os trabalhos da faculdade quando está sozinho em casa, porque passa mais tempo vendo pornografia do que estudando. Apesar do silêncio, ele não consegue se concentrar nas tarefas, já que a vontade de assistir a vídeos pornográficos na internet é constante. O que acaba acontecendo é o rapaz se masturbar vendo esse tipo de conteúdo, ficar cansado e perder o interesse no trabalho.

– Algo que eu demoraria uma hora para fazer acaba levando três porque eu tenho de fazer intervalos para entrar nos sites.

Segundo Marco Scanavino, psiquiatra do Prosex (Programa de Estudo em Sexualidade do Instituito de Psiquiatria do Hosiptal das Clínicas de São Paulo), este tipo de comportamento se torna compulsivo a medida que vai aumentando e fazendo a pessoa se desconcentrar do resto que a cerca.

– A pessoa começa a relaxar em outras áreas de vida, nos compromissos e no trabalho. Começa a ficar ausente nos relacionamentos e nas próprias ocasiões sexuais para ficar na internet vendo pornografia.

Exatamente o que acontece com Jorge. Na hora de fazer sexo \"de verdade\", ele sente um certo desinteresse.

– No começo é até legal, mas em poucos minutos a coisa acaba ficando menos interessante. A impressão que dá é que é mais divertido fazer sozinho mesmo. Fora que você sempre tem em mente que vai transar com uma estrela pornô, o que é quase impossível, e fica com os padrões altos demais na hora de escolher uma mulher.

Perigo à vista

A compulsão pode ainda ter um caráter perigoso dependendo do estilo de pornografia escolhido, segundo o psiquiatra Alexandre Saadeh, especialista em sexualidade no Instituto de Psiquiatria da USP (Universidade de São Paulo).

– Quando a pornografia se refere a comportamentos envolvendo objetos sexuais incomuns, proibidos, crianças, animais, pode-se caracterizar um transtorno de preferência sexual mais conhecido como parafilia.

Para Saadeh, se o comportamento parecer “uma prisão” é hora de procurar ajuda médica.

– Caracteriza dependência quando o desejo sai do controle e aí passa a controlar a vida da pessoa. Ele/ela se sente subjugado pelo desejo de acessar, muitas vezes ao dia, o site de preferência, ou mesmo os sites que gosta. É quase que uma perda de espontaneidade. Vira uma prisão.

Tratamento

De acordo com a psicóloga Cida Lessa, especialista em sexualidade humana, o tratamento do “vício em pornografia” tem duas frentes: psiquiátrica, com base em medicamentos para diminuir a ansiedade e a libido e, psicológica, com orientação de psicólogos que ajudarão a entender a origem do problema.

O primeiro passo para se tratar, segundo a psicóloga, é admitir a condição e depois aceitar tomar remédios que vão tirar a vontade de ter prazer a todo momento.

- É complicado admitir porque se tem vergonha, e quem consegue faz em silêncio para não se expor. No entanto, muitos não querem tomar os remédios para não mexer na libido.

Segundo a psicóloga, não há causas específicas para o problema, mas a educação machista pode ser um fator de influência. Tanto que a compulsão é muito mais comum em homens do que em mulheres.

- Como o homem tem mais acesso a conteúdo pornográfico desde criança, o que pode ser curiosidade no começo vai se fixando e aumentando.

Com moderação

Se o consumo de material pornô não beirar ao excesso, não há o que se preocupar, segundo Scanavino. Ao contrário, ele pode ajudar a apimentar a vida sexual.

- Se não for exagerado, pode dar um estímulo ao sexo. Não raro, casais usam o material pornográfico para ter relações a partir do filme.


Fonte: R7 / Via Portal Altos