jovem_estupra_crianca

Na noite desta quinta-feira (16/04), o homem identificado como Edilson Amorim Dias, de 20 anos, foi preso na localidade Barra do Longá, município de Buriti dos Lopes, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, acusado de ter estuprado e engravidado uma criança de 11 anos.

A mãe da vítima informou a policia que sua filha foi abusada sexualmente aos 10 anos por Edilson, chegando a engravidar pela frequência do relacionamento que mantinha com a mesma.

O fato chegou ao conhecimento do delegado Marco Basto que ordenou uma investigação a cerca do fato e solicitou a justiça um mandado de prisão preventiva contra o acusado, sendo cumprido com êxito nesta quinta-feira (16) pela patrulha da policia militar composta pelo sargento Vieira, cabo A. Filho e o soldado Aguiar.

Fonte: Portal do Catita? Via Campo Maior em Foco
Andrea é marionete do pai Ricardo Murad


Ainda vai demorar um tempo para mudar a cultura política no Maranhão.

Na Assembleia Legislativa, os principais embates oscilam entre os grupos familiares e suas relações com os cofres públicos.

A tribuna é sempre tomada pelos interesses das castas, representadas pelos detentores de mandatos.

Dois parlamentares ganham destaque: Andrea Murad (PMDB), filha do ex-todo-poderoso secretário de Saúde Ricardo Murad; e Edivaldo Holanda (PTC), pai do prefeito Edivaldo Holanda Junior (PTC).

O mandato de Andrea serve para defender o pai Ricardo, atacado pelos maus feitos na Saúde, durante o governo Roseana Sarney (PMDB).

Edivaldo Holanda representa os interesses do filho-prefeito

A atuação do pai do prefeito, Holandão, consiste em proteger a gestão do filho, Holandinha, sempre que criticado pelos opositores.

Assim, as famílias Murad e Holanda dominam a cena no parlamento.

A filha Andrea acoberta o pai. E o pai Edivaldo protege o filho.

O parlamento, que deveria ser o lugar de debates e proposições sobre o Maranhão, é transformado em campo de briga familiar.

Essas castas unem-se ou separam-se a cada eleição, de acordo com as conveniências, pouco importando os partidos, programas de governo ou “ideologia”.

A maioria dos demais deputados trata de seus interesses familiares nos municípios, controlando os negócios das prefeituras.

Em São Luís, uma nova família se projeta. O senador Roberto Rocha (PSB) quer fazer o filho-vereador Roberto Rocha Junior (PSB) prefeito da capital maranhense.

Roberto pai e Roberto Junior são, respectivamente, filho e neto do ex-governador do Maranhão Luiz Rocha (1983 – 1986)

Nesta guerra de pais e filhos, todos parecem descendentes políticos do mesmo criador – José Sarney – o demiurgo da prática oligárquica.
O ex-deputado Luiz Fernando Ribas Carli Filho, em foto de arquivo, durante uma audiência | Marcelo Elias /Gazeta do Povo


O Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) negou seguimento do recurso interposto pela defesa do ex-deputado estadual Luiz Fernando Ribas Carli Filho para que o caso fosse julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). A defesa ainda pode recorrer pelo instrumento de agravo.

Com a decisão, assinada pelo desembargador Renato Braga Bettega, Carli Filho pode ir a júri popular ainda este ano– conforme já havia sido decidido pelo TJ anteriormente. Em 2012, o TJ-PR já tinha negado recurso da defesa do ex-deputado estadual, que pedia que o caso fosse julgado como duplo homicídio culposo (quando não há intenção de matar).Isso evitaria que o ex-deputado fosse submetido a júri popular.

O advogado da família Yared, Elias Mattar Assad, afirma que a expectativa agora é para saber a data em que será marcado o júri popular. “Esperamos que isso aconteça este ano”, diz.

Carli Filho se envolveu em um acidente de trânsito em 7 de maio de 2009, em Curitiba, que resultou na morte de Gilmar Rafael Souza Yared, 26 anos, e Carlos Murilo de Almeida, 20 anos. Em nova decisão, em 2014, a 1.ª Câmara Criminal do TJ-PR tinha encontrado, mais uma vez, indícios de que Carli Filho assumiu o risco de matar ao dirigir em alta velocidade.

De acordo com a denúncia oferecida à Justiça pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR), Carli Filho estava alcoolizado e trafegava em alta velocidade. Um laudo do Instituto de Criminalística apontou que o carro dirigido pelo ex-deputado estava entre 161 e 173 quilômetros por hora no momento da colisão com o automóvel em que estavam as vítimas. No ano passado, por unanimidade de votos o TJ-PR decidiu que o teste de alcoolemia de Carli Filho não terá validade. O exame, que teria registrado 7,8 decigramas de álcool, foi realizado sem o consentimento do acusado enquanto ele estava inconsciente no Hospital Evangélico, com amostras de sangue colhidas judicialmente do laboratório da instituição de saúde.

O advogado Gustavo Scandelari, que integra a defesa do ex-deputado, informa que irá entrar com o pedido de agravo. Ele explica que a decisão do TJ-PR impediu o seguimento do recurso ao STJ. “Com o agravo, poderemos ter uma posição das instâncias superiores”, afirma. O objetivo, segundo ele, é o de evitar que Carli Filho vá para júri popular. “Nossa luta no campo jurídico permanece o mesmo. No nosso entendimento, não é caso para júri popular”, afirma.
Indígenas participam de sessão solene na Câmara dos Deputados em homenagem ao Dia do Índio

Do UOL/ Via Blog do Garrone

No início da tarde desta quinta-feira (16), depois que dezenas de índios estiveram no plenário Ulysses Guimarães, onde foram homenageados, a Câmara organizou um mutirão para higienizar o local, que seria usado posteriormente pelos deputados.

No total, 14 funcionários de limpeza chegaram ao plenário e passaram álcool nos assentos que seriam usados pelos parlamentares. Pela manhã, as cadeiras foram usadas pelos indígenas, em celebração ao Dia do Índio, que será comemorado no domingo, 19 de abril.

Um dos funcionários da limpeza brincava: “Depois dos índios, tem que limpar pros deputados, né?”. Outra responsável pela faxina, entretanto, explicou que se tratava de uma limpeza para retirar o lixo que havia ficado no local, já que uma nova sessão seria aberta em seguida.

A Câmara dos Deputados informou que a limpeza, inclusive a higienização dos assentos, é um procedimento normal após as sessões.
Resultado de imagem para raio x de celular no anus
imagem ilustrativa

O fato inusitado foi na unidade prisional de ressocialização do bairro do olho d'Água em São Luís do Maranhão. Marcos Aurélio Pereira(foto), 34 anos, foi flagrado com um celular no ânus. Segundo informações da polícia, esta foi a maneira que suspeito encontrou para entrar com o aparelho no presídio.

Se deu mal porque os monitores e funcionários estavam atentos. O bip disparou na hora da revista. Marcos que é morador de Ribamar, foi preso em flagrante. Foi o segundo caso no mesmo presidio em menos de um mês. Na delegacia do turu, o suspeito disse "que iria receber 200 reais do preso conhecido apenas como irmão pestana". 

No 7º DP foi lavrado um TCO, Marcos, mesmo com o flagrante foi colocado em liberdade. Depois da prisão, o difícil foi encontrar alguém para retirar o celular do ânus do suspeito. O caso está na polícia civil.


Alto Alegre do Maranhão 10/04/15 por volta das 13:00min,uma equipe de investigadores comandada pelo delegado José Henrique Rodrigues. Cumpriram o mandato de prisão preventiva, expedido pelo juiz da comarca de São Mateus em desfavor do individuo Jorge Bernardo da Silva, vulgo “pastor Jorge”. Segundo relato de duas menores: M. da S. dos S e M,C de C, ambas de 12 anos de idade que frequentavam a igreja Pentecostal Cristo é a resposta, fundada e liderada pelo pastor. As meninas denunciaram que foram molestadas sexualmente pelo referido pastor, que usando de influencia como líder da denominação, estuprou as duas menores.

Ele foi preso na cidade de Coroatá- Ma bairro Areal, ele estava em uma obra trabalhando como ajudante de pedreiro. O acusado não reagiu e confessou a pratica do crime. Ele esta preso em Alto Alegre e a disposição da justiça.

Tivemos informações também que ele, pra enganar as meninas, dizia que teve uma revelação que Deus o usou pra falar algo para as meninas, e ele chamava elas num canto da igreja em um horário do dia que não tinha outras pessoas e dizia “ Deus me fez uma revelação, que vocês não são mais virgens, as meninas diziam que era e ele teimava com as meninas dizendo que Deus disse que não, ai ele convencia as meninas a tirara a roupa e ficar nua. Ele confessou o crime.


O indivíduo é pai de cinco filhos e é casado. Agora ele vai fazer revelação na Penitenciária de Pedrinhas e responder pelo crime de Estupro de Vulnerável. 

É um tipo penal criado com a lei 12015 de agosto de 2009, que substituiu o antigo artigo 224 do Código Penal, que por sua vez tratava da presunção de violência. Com o novo crime, a presunção de violência passa a ser, em tese, absoluta, e não mais relativa. A mesma lei 12015, que criou a ideia do estupro de vulnerável, também foi responsável pela alteração no texto do crime de corrupção de menores, fixando a idade de consentimento no Brasil aos 14 anos, com exceção dos casos de prostituição.



O ex-secretário estadual de Fazenda, Cláudio Trinchão, deve explicar porque autorizou uma farra de isenções fiscais que correspondem a cerca de R$ 500 milhões a menos para os cofres do Maranhão. No comparativo entre o balanço de 2013 e de 2014, a arrecadação a partir do ICMS caiu de 4,7 bilhões para 4,2 bilhões em valores reais, impacto gerado diretamente pelas isenções fiscais concedida por fora do sistema oficial de incentivos previstos em leis.

A redução de ICMS deve ser feita por Lei, como já ocorre com o Pró-Maranhão, que é uma dedução legalizada. Mas estas renúncias não tiveram publicidade, não tiveram procedimento. O que houve apenas foi um benefício pessoal com documentos assinados diretamente por Trinchão. Em 2014, houve uma renúncia de R$1 bilhão, que significa R$ 500 milhões a mais em relação a 2013.

A secretaria estadual de Fazenda ainda não identificou todos os beneficiados com as isenções estranhas. O secretário estadual de Fazenda, Marcellus Ribeiro, explicou ao Blog que a fiscalização ocorre por parâmetros, e quando este parâmetro foge, a equipe da Sefaz fiscaliza a empresa. “Quando nossa equipe chegava à empresa, eles apresentavam um documento da Sefaz de benefício fiscal. E aqui, não encontramos o processo que gerou o benefício, nem sequer o registro no sistema. Então, chamamos as empresas para trazer os documentos e analisarmos. O prazo encerra amanhã (16) e quem não trouxer terá automaticamente o benefício cancelado”, afirmou.

Marcellus explicou que não pode simplesmente cancelar todos para separar o joio do trigo, já que existem isenções legais no bolo. “Mas temos que dar uma solução. O Estado recebeu uma dívida em torno de R$ 1 bilhão, um cenário econômico nacional ruim e ainda com estas torneiras vazando”.


Censores



Marinheiros de primeira viagem da Assembleia Legislativa do Maranhão estão se achando acima do bem e do mal. Acima de qualquer crítica, denúncia ou sequer menção pela imprensa maranhense.

São parlamentares recém-eleitos, alguns acossados por suspeitas graves, que desenvolveram uma espécie de “Síndrome de Vossa Excelência”, fazendo de tudo para cercear a atuação de jornalistas, blogueiros, radialistas e dos demais profissionais que cobrem a “Casa do Povo” diariamente.

O caso mais grave é o da deputada estadual Andrea Murad, do PMDB, que recebeu de bandeja a cabeça de um conhecido blogueiro de São Luís, depois de exigir a exoneração do profissional em um grupo de WhatsApp frequentado pelos que se consideram “patrões” do Poder Legislativo.

Curiosamente, a herdeira de Ricardo Murad subiu a tribuna, na semana retrasada, para condenar qualquer tipo de censura aos profissionais que atuam no legislativo estadual.

Os deputados Wellington do Curso (PPS), Rigo Teles (PV) e Zé Inácio do Incra (PT) também desenvolveram sintomas da perigosa síndrome, que ameaça gravemente a liberdade de imprensa e de expressão no Maranhão.
Resultado de imagem para avião preso cheio de cocaina
imagem ilustrativa


Uma aeronave com 369 kg de cocaína foi apreendida pela Polícia Militar, na noite desta terça-feira (14), em um campo de aviação, na localidade de Cachoeiras, em Canindé, a 120 quilômetros de Fortaleza. O monomotor modelo PP-FFU partiu do estado de Mato Grosso, em direção ao interior do Ceará.

Inicialmente, em Boa Viagem, a 220 quilômetros de Fortaleza, a polícia já havia prendido um homem que havia recebido drogas abastecidas por um avião de pequeno porte. Na ocasião, ele portava 30 quilos de droga.

Dando continuidade à investigação, em Canindé – durante abastecimento da aeronave modelo PP-FFU – sete malas, cada uma com cerca de 50 kg de pasta base de cocaína, foram apreendidas pela polícia. Quatro pessoas foram presas, dentre elas o piloto do monomotor, identificado como Cléber Paulo da Silva, de 35 anos, e uma arma de fogo apreendida.

“Prendemos ainda duas pessoas que vigiavam o avião e o taxista que ajudou na fuga de um dos envolvidos. Esse último foi o único que conseguiu fugir, em direção a Fortaleza”, explica o tenente-coronel Assis Azevedo. O fugitivo seria o distribuidor da droga.

Segundo a polícia, o piloto disse que não sabia do transporte das drogas. Ele afirmou ainda que, quando tentou sair, foi ameaçado pelo traficante. Os suspeitos foram encaminhados à Delegacia Regional de Canindé, onde responderão por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e associação criminosa.

A polícia acredita que a droga seja oriunda do Paraguai. “A investigação continua, e prenderemos os outros envolvidos”, afirma o tenente-coronel.