terça-feira, 28 de outubro de 2014

Mulher tenta entrar em presídio com celulares, fones e pendrives na vagina

Equipamento completo foi encontrado por agentes
Equipamento completo foi encontrado por agentes

Uma mulher foi flagrada por agentes penitenciários enquanto tentava entrar no presídio Francisco D’Oliveira Conde, em Rio Branco, com três celulares, três fones de ouvido, dois carregadores e dois pendrives escondidos na vagina. O caso ocorreu, nesta quarta-feira (22) durante o horário de visita na unidade e a mulher foi encaminhada para a Delegacia de Flagrantes (Defla).

De acordo com o diretor da Unidade de Acolhimento Provisório do Presídio, Denis Picolo, o material foi encontrado durante o processo de revista íntima, para que ela pudesse ter acesso à unidade. “A gente passou a raquete eletrônica que acusou algo, perguntamos se ela possuía algum material e, então, ela confessou e os retirou”, explica.

Picolo diz ainda que embora os agentes estejam acostumados a flagrar mulheres tentando entrar com objetos na vagina dentro do presídio, o volume nesse caso chama a atenção. “É até comum, o que não é comum é que ela também trouxe pendrives e fones de ouvido, pois geralmente o que interessa são os celulares. Nessa quantidade foi a primeira vez”, ressalta.

A mulher e o material apreendido foram encaminhados para a Defla. Ela deve responder pelo crime de ingresso de aparelhos celulares em estabelecimento prisional. O que, segundo o artigo 349-A do Código Penal, pode resultar em pena que pode variar de três meses até um ano de detenção. (Yuri Marcel, Do G1 AC) /  Via Agazeta do Acre

Nenhum comentário:
Escreva comentários

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão

Seguidores

Acessos

Postagens