quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Traficante era beneficiária do Bolsa Família, mas andava de Honda Civic e tinha R$ 8 mil

O fato aconteceu na cidade de Três Lagoas (MS).

A Polícia Civil prendeu pai e filha acusados de manterem uma boca de fumo em Três Lagoas (MS). Chamou a atenção dos policiais o fato de Mayara Roberta da Silva, de 20 anos, ser beneficiária do Bolsa Família, apesar de possuir um Honda Civic e ter mais de R$ 8 mil em espécie guardados no quarto. Ela e o pai, Marcos Roberto da Silva, 45 anos, mantinham uma mercearia como fachada para camuflar o negócio criminoso.

Segundo a polícia, com os acusados foram apreendidos 625 gramas de “crack”, 145 gramas de cocaína, 58 gramas de maconha, R$ 15.914,00 (quinze mil, novecentos e catorze reais) em dinheiro, além de um veículo Civic e uma moto Suzuki utilizados para o tráfico de drogas.


Nenhum comentário:
Escreva comentários

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão

Seguidores

Acessos

Postagens