quarta-feira, 27 de maio de 2015

Grupo terrorista degola 400 pessoas na Síria, diz TV estatal


O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) degolou pelo menos 400 pessoas, em sua maioria crianças, mulheres e idosos, na cidade de Palmira, na Síria, desde que assumiu seu controle na última quarta-feira, informou neste domingo a rede de televisão estatal do país, citando fontes locais.

Entre as vítimas, dezenas eram funcionários do governo sírio, como a chefe do departamento de Enfermaria do hospital local, que foi morta junto com sua família.

O primeiro-ministro sírio, Wael al-Halqi, condenou o "horrível massacre" cometido pelo EI e responsabilizou os "países que apoiam o terrorismo material e militarmente, principalmente Arábia Saudita, Catar e Turquia, assim como alguns países ocidentais".

As vítimas foram assassinadas devido a "sua lealdade ao governo sírio e sua desobediência ao EI", segundo o canal estatal, que acrescentou que "estes crimes estão sendo cometidos diante do vergonhoso silêncio da comunidade internacional".

A TV síria criticou que o Conselho de Segurança das Nações Unidas "só tenha expressado sua 'preocupação' sem tomar nenhuma medida dissuasória no local".

Fonte: TERRA.COM.BR  via Portal Coroatá online

Nenhum comentário:
Escreva comentários

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão

Seguidores

Acessos

Postagens