segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Greve dos bancários começa nesta terça-feira

Resultado de imagem para imagem de bancarios em greve
imagem ilustrativa

portalodia.com

Passados quatro dias após ser aprovado o indicativo de greve pelos bancários de todo o país, a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) não apresentou uma nova contraproposta que satisfizesse os anseios da categoria, e o movimento nacional de paralisação está confirmado para iniciar nesta terça-feira, 6 de outubro.

Os trabalhadores pedem um reajuste de 16%, que inclui a reposição da inflação acumulada no ano e mais cerca de 5% de aumento real. Além disso, a categoria quer uma maior participação nos lucros e resultados (PLR), implantação do piso de R$ 3,2 mil, mais segurança nas agências bancárias, além do fim da imposição de metas e dos casos de assédio moral.

Os bancos, contudo, mantiveram a proposta inicial, que prevê reajuste de apenas 5,5% e o pagamento de um abono de R$ 2.500 para todos os trabalhadores.

Sem consenso entre os bancários e as instituições financeiras, a greve foi confirmada pelo comando nacional e pelas duas entidades que representam a categoria - a Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Empresas de Crédito e a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf).

A pauta de reivindicações dos trabalhadores ainda pede o fim das demissões injustificadas pelas instituições privadas e a contratação de mais profissionais por concurso (no caso dos bancos públicos e sociedade de economia mista).

Alternativas

Enquanto os bancários e os bancos não chegam a um acordo, a população precisará recorrer a ferramentas alternativas para resolver questões financeiras - como transferências, depósitos, pagamentos de contas, etc.

Os saques, por exemplo, podem ser feitos nos caixas eletrônicos e nas casas lotéricas (para clientes da Caixa Econômica Federal). Só é preciso ficar atento ao limite diário de retirada que cada instituição estabelece.

As transferências podem ser realizadas pelo internet banking e também pelos terminais de autoatendimento. No caso de transferência entre bancos distintos é possível recorrer ao DOC (Documento de Ordem de Crédito) ou ao TED (Transferência Eletrônica Disponível).

Os depósitos em contas podem ser feitos também nos caixas eletrônicos, através de envelopes, mas o dinheiro pode demorar algumas horas ou dias para ser creditado.

Pagamentos de contas em geral podem ser feitos nas casas lotéricas, correspondentes bancários, internet banking e também nos terminais de altoatendimento.

Nenhum comentário:
Escreva comentários

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão

Seguidores

Acessos

Postagens