segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Morte de filho de vereador de Codó pode ter sido por vingança

Haroldo tinha 20 anos e foi executado a tiros
Haroldo tinha 20 anos e foi executado a tiros

A morte de Haroldo Magalhães Neto, 20 anos, na noite desta sexta-feira (25) na cidade de Codó pode ter sido por vingança por causa de um homicídio ocorrido há dois anos durante uma prévia carnavalesca naquela cidade.

A polícia começou a trabalhar nesta linha de investigação com foco no homicídio anterior ao de Haroldo, acontecido também em Codó e com as mesmas características.

O delegado da regional não descarta essa possibilidade, pois o mesmo jovem que morreu nas mesmas circunstância (execução por motoqueiros, com um tiro na cabeça) era amigo de Haroldo e teve seu nome relacionado com a morte de uma pessoa na prévia de carnaval.

Os dois chegaram a ser investigados pela suposta participação no crime. Haroldo é filho do presidente da Câmara Municipal de Codó, vereador Chiquinho do SAEE.

Ele foi executado quando transitava pela avenida Marechal Castelo Branco por dois elementos não identificados.

Nenhum comentário:
Escreva comentários

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão

Seguidores

Acessos

Postagens