sábado, 27 de fevereiro de 2016

Estudante de veterinária que estava desaparecido é encontrado em Patrocínio

Reprodução internet/Facebook



Familiares do estudante de veterinária Marcos Helvécio Monteiro Júnior, de 22 anos, tiveram um alívio neste sábado. O jovem, que estava desaparecido desde quarta-feira, foi encontrado no início da tarde em Patrocínio, no Alto Paranaíba. Desorientado, ele recebeu atendimento no Pronto-Socorro da cidade. O garoto contou aos familiares que foi sequestrado, mas ainda não contou detalhes do crime. A Polícia Militar (PM) aguarda ele receber alta para poder fechar o boletim de ocorrência. 

Marcos Helvécio voltou para a casa por volta das 12h30. “Ainda não temos muitas informações sobre o caso. Ele chegou no condomínio onde mora na cidade com as mãos amarradas e machucado. Também estava bastante desorientado. Meu primo contou a mãe e a irmã dele que tinha sido sequestrado”, explicou Vânia Teixeira Marques, prima do universitário. 

O jovem foi levado para o Pronto-Socorro da cidade para receber atendimento médico. De acordo com a PM, ele foi medicado e em seguida dormiu. Os militares aguardam na unidade de saúde para conversar com o estudante e pegar detalhes dos criminosos. 

A notícia do encontro de Marcos deixou os familiares mais tranquilos. “Nossa, foi um alívio para gente, pois desdes que recebemos a notícia do desaparecimento ficamos em choque. Até chegar a notícia de ele ser encontrado não tínhamos nenhum pista. Ninguém fez contato, não sabíamos se tinha sido acidente, sequestro”, comentou Vânia. “A gente agradece a união de todos que colaboraram e divulgaram nas redes sociais e entraram em contato com a gente”, completou. 

Marcos é filho de um vereador de Piedade do Rio Grande, no Campo da Vertentes, onde nasceu. O restante da família mora na mesma cidade. Ele está no último ano de veterinária na Universidade Federal de Lavras (UFLA), onde morou em uma república, mas se mudou para Patrocínio ao conseguir uma vaga de estágio. A formatura dele está prevista para abril. Na quarta-feira, segundo versão dos familiares, o jovem estava em Uberlândia, na fazenda onde estava dando assessoria, e às 19h teria uma reunião em Patrocínio. Só que ele saiu da fazenda e não chegou no encontro. 

O último contato feito pelo jovem tinha sido às 17h do mesmo dia. Um conhecido da família e colega de trabalho de Marcos disse aos parentes que chegou a pensar que o rapaz havia ficado em Uberlândia porque estava chovendo muito, mas ele não foi localizado.

Nenhum comentário:
Escreva comentários

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão

Seguidores

Acessos

Postagens