segunda-feira, 21 de março de 2016

Datafolha: maioria quer impeachment, mas rejeita Michel Temer governando

Lula durante manifestação em São Paulo


Pesquisa Datafolha realizada entre os dias 17 e 18 de março aponta cenários curiosos no tumultuado momento político nacional. Ao mesmo tempo em que o apoio ao impeachment da presidente Dilma Rousseff cresce, apenas 16% querem o vice-presidente Michel Temer governando o país. E ao mesmo tempo que a rejeição ao ex-presidente Lula aumenta, ele continua a ser apontado como o melhor presidente que o país já teve.

A pesquisa aponta que 68% dos entrevistados são favoráveis ao pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff. O percentual cresceu oito pontos desde fevereiro. Ainda segundo o levantamento, 65%, acham que Dilma deveria renunciar à Presidência. Em fevereiro, 33% dos entrevistados eram contra o impeachment. Agora, eles somam 27%. A reprovação ao governo é de 69%.

Entre os que têm entre 45 e 59 anos, 68% defendem o impeachment. Na parcela dos que têm 60 anos ou mais, 61%, e entre os eleitores mais ricos, 74%.

Embora a saída de Dilma tenha apoio da maioria, apenas 16% acham que um governo liderado pelo vice-presidente Michel Temer seria ótimo ou bom. Para 35%, seria ruim ou péssimo.

A pesquisa Datafolha aponta ainda que a taxa de rejeição ao ex-presidente Lula é de 57% dos entrevistados. Entre os de mais baixa renda, a taxa de rejeição é de 49%. O índice cresce conforme o avanço da renda familiar e chega a 74% entre aqueles que ganham dez ou mais salários mínimos por mês. Para 68% dos entrevistados, Lula só aceitou o cargo de ministro no governo Dilma para obter foro privilegiado no STF. Já 19% que acreditam que Lula tenha aceitado o cargo para ajudar o governo Dilma. Para 73% dos entrevistados, Dilma agiu mal ao convidar Lula para assumir uma pasta em seu ministério; só 22% aprovaram a iniciativa.

Ainda segundo o Datafolha, Lula é o nome mais citado quando os pesquisados apontam o melhor presidente que o Brasil já teve, com 35%. Fernando Henrique Cardoso aparece em segundo lugar, com menos da metade dos votos: 16%.

Nenhum comentário:
Escreva comentários

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão

Seguidores

Acessos

Postagens