segunda-feira, 21 de março de 2016

Polícia investiga plano para matar vice da Portela



A delegacia de Madureira (29ª DP) investiga um plano para assassinar o vice-presidente da Portela, Marcos Falcon. A coluna confirmou a existência de um áudio, que está em poder da polícia, em que um homem declara existir tal intenção de homicídio. Procuramos o próprio Falcon, que confirmou a investigação, mas pediu para não falar, justamente para não atrapalhar o trabalho dos policiais.

O advogado de Falcon, Nelio Andrade, conversou com a coluna na última sexta: “Estamos em contato com a delegacia. Eu tenho posse deste áudio, mas não podemos atrapalhar as investigações. Estamos perto dos autores, tanto da gravação quanto da intenção de matar meu cliente. Estamos agindo. Meu cliente sempre arriscou a vida por ter combatido a violenta criminalidade. Ele trabalhou no Bope por sete anos, 15 na Divisão Anti Sequestro e dois no Core”.

Falcon já sofreu quatro atentados, levou 18 tiros e se submeteu a nove cirurgias reparadoras. Mas esta é a primeira ameaça dele após assumir o cargo na Portela. Apesar de ser vice-presidente, Falcon é o homem forte da agremiação e foi ele quem conseguiu reerguer a Portela e transformar a agremiação, antes desacreditada e falida, numa das grandes favoritas nos últimos carnavais. As eleições na Portela acontecem no próximo mês de maio. Falcon disse não saber se os motivos da intenção de matá-lo tem a ver com a Azul e Branca de Madureira. Falcon deve vir candidato.

Nenhum comentário:
Escreva comentários

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão

Seguidores

Acessos

Postagens