domingo, 21 de agosto de 2016

Superintendente de Polícia Civil da Capital, fala da redução no índice de assaltos a coletivos e roubos a residências em São Luís-MA

126_9994




Em entrevista a reportagem ASCOM SSP, o Superintendente de Polícia Civil da Capital. Armando Pacheco, falou que foi observado, que nos anos de 2014, 2015, havia um índice bastante alto no que diz repeito aos assaltos a transportes coletivos e a roubo em residências em São Luís. Para combater esse tipo de modalidade criminosa, a Polícia do Maranhão, através da SPCC, realizou um trabalho específico no sentido de desarticular, essas quadrilhas especializadas nessa ação criminosa. 
No mês de março deste ano, foi criada uma equipe composta por delegado e investigadores, da Delegacia de Roubos e Furtos, para fazer um levantamento dos roubos a residências na região metropolitana de São Luís, e centralizar o trabalho da investigações. Falou que antes não havia essa troca de investigação, com a criação dessa equipe para especificamente trabalhar nestas duas linhas de crimes, obtivemos resultado positivos, prendendo quadrilhas que já tinham praticado vários crimes dessa natureza, facilitando a identificação de cada um desses criminosos, que agiam roubando residências e assaltando ônibus na capital. Disse

Informou que com essa equipe composta de seis investigadores, um escrivão e um delegado, a SPCC, conseguiu do mês de março pra cá, já foram identificadas e presas trinta e três quadrilhas especializadas em assalto a coletivos e roubos a residências, sendo que só uma quadrilha tinha dezessete integrantes, com essas prisões houve uma redução significativa nestes tipos de crimes, onde as ocorrências vem tendo uma que gradativa, de 120, ocorrências ao mês, de março até o mês de junho, caiu para 58 e no mês de Julho 52 ocorrências. Falou que atualmente a Polícia Civil, está há seis dias sem ocorrência a roubo de residências na capital maranhense.
O superintende Falou, que os criminosos sempre atuam nos bairros de classe média alta tais como: 

Cohama, Bequimão, Ipase, Coahatrac, Cohajape, Alto do Calhau, Cohafuma, Vinhais, Planalto do Vinhais Plnalto, onde 70% dessas quadrilhas, agiam nessas áreas. Disse Armando Pacheco. 

Falou ainda, que maioria das quadrilhas de assaltantes, são compostas de viciados, que embarcam nos ônibus, e chegam a um determinado ponto, efetuam os assaltos. Ressaltou que geralmente os assaltos aos transportes coletivos, são realizados pelas mesmas quadrilhas, daí a importância da força tarefa realizadas pela equipe da Delegacia de Roubos e furtos, equipe criada com a missão específica de investigar e prender os integrantes dessas quadrilhas. 

O superintendente disse ainda, que de 120 ocorrências registradas em outubro de 2015, caiu para 30 ocorrências no mês de fevereiro, que houve um acréscimo no mês de julho onde tivemos 60 ocorrências, mesmo com o acréscimo em relação ao mês de fevereiro deste ano, significa a metade das ocorrências registradas no mês de outubro do ano passado que atingiram a marca de 120 o ocorrências.

Destacou que a queda nos índices de assaltos e a roubos em residências, deve-se também ao bom trabalho realizado pela Polícia Militar do Maranhão, que em conjunto com a Polícia Civil vem realizando Operações Especiais para combater esses tipos de crimes, tirando de circulação essas quadrilhas dando tranquilidade e segurança a população ludovicense. Conclui!

2 comentários:
Escreva comentários
  1. https://www.youtube.com/watch?v=0g8hzKwdwvA

    ResponderExcluir
  2. muita diferença de Dr. armando quando estava em nossa cidade,pra hj em Dr.? Vc agora é chefe, parabens!!!

    ResponderExcluir

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão

Seguidores

Acessos

Postagens