quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Vereador Chaguinhas precisa parar de beber cachaça antes das sessões da Câmara

aldir76


Reeleito com mais de 4 mil votos, o vereador Chaguinhas anda furioso desde o resultado das urnas do segundo turno. O infiel partidário, que troca de partido assim como muda de roupa, decidiu culpar os blogs pela derrota de seu candidato: Eduardo Braide (PMN).

Segundo post do blog do jornalista Mario Carvalho (VEJA), o vereador afirmou na manhã desta quarta-feira (2), durante o programa “Manhã Capital”, da Rádio Capital AM, apresentado pelo radialista Oswaldo Maia, “que a ação de blogueiros que estiveram a serviço da campanha à reeleição do prefeito Edivaldo, são de verdadeiros assassinos de reputações”, disse.

Sem citar nomes e apresentar provas, Chaguinhas alegou, ainda, que “blogueiros teriam recebido vultuosas quantias em dinheiro para se colocarem à disposição da campanha vitoriosa do prefeito Edivaldo.”, afirmou.

Motivos

É preciso que se diga o verdadeiro motivo de tanta ‘zanga’ do parlamentar: Chaguinhas foi o último entre os três eleitos da Coligação PSB / PP, se elegeu arrastado, atrás de Nato Júnior e Estevão Aragão. Em 2012 obteve 6.532 votos, agora em 2016, tirou 4.879 votos, caiu portanto, 1.653 votos – prova da fraca atuação enquanto vereador de São Luís.

Outro motivo que justifica o esbravejo comportamental do vereador é o fato do prefeito Edivaldo (PDT) ter asfaltado praticamente todas as ruas do seu principal reduto eleitoral, o bairro do São Cristovão. O parlamentar que faz oposição ao atual governo municipal, queria que o benefício chegasse à comunidade por intermédio dele, e obviamente, ganhar os dividendos políticos e sair como o “pai da criança”.

Cachaça

Metido a homem de moral, paladino da honestidade e dos bons costumes, Chaguinhas é o vereador com o discurso mais chato e insosso da Capital, costuma discursar na Tribuna do Palácio Pedro Neiva de Santana usando parábolas e com hálito [bafo] exalando cheiro de álcool. É o que relatam funcionários, assíduos frequentadores e os próprios colegas de parlamento.

O edil, de vez em quando, toma uma ‘pinga’ antes de chegar na Casa, comportamento condenado pelo regimento interno.

Profissionais da imprensa também reclamam que ao conceder entrevista o “bafo” do parlamentar é de cachaça pura!

Nenhum comentário:
Escreva comentários

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão

Seguidores

Acessos

Postagens