quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Alexandre de Moraes é afastado por 30 dias do ministério da Justiça



O ministro Alexandre de Moraes foi oficialmente afastado do comando da pasta de Justiça e Segurança Pública pelo prazo de 30 dias após ser indicado a uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (7).

A indicação do ministro à Corte foi formalizada na segunda-feira (6). “O presidente da República Michel Temer decidiu submeter à aprovação do Senado Federal o nome do ministro de Estado da Justiça e da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal. As sólidas credenciais acadêmicas e profissionais do doutor Alexandre de Moraes o qualificam para as elevadas responsabilidades do cargo de ministro da Suprema Corte do Brasil”, informou o porta-voz da presidência, Alexandre Parola.

Agora, Moraes passará por uma sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. De acordo com o G1, a expectativa do presidente da Casa, Eunício Oliveira, é de que a comissão seja instalada na próxima quarta-feira (8). Caso o nome dele seja aprovado, o plenário do Senado fará votação para confirmar ou rejeitar a indicação.

Nenhum comentário:
Escreva comentários

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão

Seguidores

Acessos

Postagens