quarta-feira, 15 de março de 2017

Professores de São João Batista param por três dias, movimento é contra reforma da previdência


Folha de SJB

Os professores da Rede Municipal de Ensino paralisaram nesta quarta-feira (15). O objetivo é manifestar contra a reforma da Previdência que tramita no Congresso Nacional e reivindicar reajuste salarial imediato para toda a categoria. A mobilização foi anunciada pelo Sindicato dos Professores de São João Batista (SindProf) e deve terminar só na próxima sexta-feira.

A concentração dos manifestantes ocorreu hoje (15) pela manhã na sede do sindicato e agora pela tarde, os professores já estão na Câmara de Vereadores, onde conversaram com o presidente da casa, vereador Assis Araújo, e seguem acompanhando o projeto de Processo Seletivo, que está em pauta em segundo turno.

A reforma da Previdência proposta pelo governo prevê, entre outras coisas, a idade mínima de 65 anos para a aposentadoria e devem atingir em cheio a classe dos professores, que segundo o presidente do sindicato, Israel Melônio, se trata de um retrocesso na educação brasileira.

O ato foi proposto pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e teve adesão da categoria no Maranhão. Além da pauta nacional, o SindProf delimitou outras questões como tema para a mobilização.


Nenhum comentário:
Escreva comentários

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão

Seguidores

Acessos

Postagens