domingo, 30 de julho de 2017

condenado pelo estupro de duas crianças, Ex-senador corre risco de morte e é isolado em cela com TV

“Fui vítima de uma armadilha”, diz ex-senador a um programa de TV


Condenado a mais 32 anos de prisão por ter estuprado duas crianças, o ex-suplente de senador Manoel Alencar Neto (PSB-TO), também conhecido como Nezinho Alencar, foi isolado em uma cela da Casa de Prisão Provisória de Guaraí, no Tocantins, para evitar ameaças de outros detentos. Na espécie de “código de conduta” de presidiários, o estupro é listado entre os crimes imperdoáveis, punido no tribunal do cárcere com espancamento e até execução com requintes de crueldade (como decapitação). Os condenados por esse tipo de crime também são constantemente estuprados em penitenciárias Brasil afora, em alguns casos repetidamente até a morte. O fato de Nezinho ter molestado crianças torna ainda mais perigosa sua situação na prisão.

Nenhum comentário:
Escreva comentários

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão

Seguidores

Acessos

Postagens