quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Ex-jogador da base do São Paulo é assassinado com 13 tiros no Distrito Federal



Brasília - E mais uma vida se vai de uma forma brutal. O ex-jogador da base do São Paulo Raul Victor Garcez Soares, de 19 anos, foi assassinado com 13 tiros enquanto esperava para jogar uma pelada na cidade de Sobradinho, no Distrito Federal.

Os ex-companheiros da época em que defendia o tricolor paulista prestaram homenagens ao jovem atleta.

De acordo com as primeiras informações, o autor do crime está foragido e a polícia investiga o caso, ouvindo testemunhas que estavam no local no momento do delito.

O jogador, que defendeu o São Paulo até 2015, estava próximo da profissionalização no time que tem o mesmo nome da cidade onde foi brutalmente assassinado. O atacante Paulo Boia, que foi seu colega de equipe no clube paulista, expressou toda sua dor numa postagem do Instagram pela morte do amigo.

"Que Deus tenha um bom lugar, que ele te receba de braços abertos, que ele possa te perdoar por todos teus pecados na terra, que você ore por nós aí no céu, irmão, que você possa descansa em paz e que Deus conforte para sempre nossos corações", escreveu Paulinho Boia.

Nenhum comentário:
Escreva comentários

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão

Seguidores

Acessos

Postagens