quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Mecânico faz pedido antes de morrer e tem velório regado a chope e música sertaneja no Paraná


João Ferrari tinha 70 anos e morreu nesta quarta-feira (27), em Cascavel  (Foto: Arquivo pessoal )

Uma cena inusitada chamou a atenção de quem mora em Cascavel, no oeste do Paraná, entre a noite de quarta (27) e manhã desta quinta-feira (28).

Amigos e familiares do mecânico João Ferrari, que morreu na quarta, decidiram atender ao último pedido dele – de ser velado em meio a uma festa regada a chope e música sertaneja. 

Ferrari morreu aos 70 anos e tinha se recuperado de uma pneumonia recentemente. Segundo o filho Edson Ferrari, o mecânico morreu após sofrer uma parada cardíaca.

"Ele sempre foi o maior incentivador de ter um churrasco para reunir a família e os amigos. E ele comentava muito com a minha família que o dia em que morresse não queria tristeza e sim alegria, e que brindassem em nome dele pela vida plena, pela alegria e pelo legado que ele deixou", contou o filho.

Edson disse ainda que foi muito difícil para a família atender ao pedido por conta de tabus e da própria religião católica. "Mas nós atendemos ao desejo dele, oferecemos um copo de chope para as pessoas que estavam presentes e levantamos um brinde com uma música sertaneja que ele gostava. Foi um momento para se despedir em alegria, que era o que ele queria".

O gari Rodrigo Carlos da Silva disse que respeita a atitude dos familiares, mas que jamais tomaria uma bebiba em uma situação semelhante. "Eu achei muito diferente e estranho", argumentou.

O corpo de João Ferrari foi velado na capela da prefeitura da cidade e sepultado por volta das 10h30 desta quinta no Cemitério Cristo Redentor.

Nenhum comentário:
Escreva comentários

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão

Seguidores

Acessos

Postagens