sábado, 3 de março de 2018

Mais militares são presos suspeitos de envolvimento com organização criminosa

Momento em que a viatura chega com o Coronel Francalanci
A Secretaria de Segurança pública confirmou a prisão de mais quatro militares suspeitos de envolvimento com a organização criminosa que contrabandeava cargas e armamento.

São eles: Aroud João Padilha Martins - Tenente da reserva, Gleydson da Silva Alves - Soldade, Reinaldo Elias Francalanci - Coronel, Paulo Ricardo Carneiro Nascimento - Soldado.

Neste momento eles estão prestando depoimento na Superintendência de Combate a Corrupção (Seccor).

Dos 19 pedidos de prisão feitos pela Polícia Civil contra os suspeitos de envolvimento com a organização criminosa, 14 já foram atendidos e tiveram os mandados de prisão cumpridos, acompanhe:
LUCIANO FÁBIO FARIAS RANGEL — Major PM; JOAQUIM PEREIRA DE CARVALHO SILVA – Sargento PM;  FERNANDO PAIVA MORAIS JUNIOR – Soldado; ROGÉRIO SOUSA GARCIA – ex-vice-prefeito de São Mateus; JOSÉ CARLOS GONÇALVES  – Civil, dono do sítio em Quebra-Pote;  EDIMILSON SILVA MACEDO – Civil;  ÉDER CARVALHO PEREIRA – Civil; RODRIGO SANTANA MENDES - Civil; THIAGO BARDAL – Delegado e ex-superintendente titular da Seic; RICARDO JEFFERSON MUNIZ BELO – Advogado; AROUD JOÃO PADILHA MARTINS – Tenente da reserva;  GLEYDSON DA SILVA ALVES – Soldado; REINALDO ELIAS FRANCALANCI – Coronel, PAULO RICARDO CERNEIRO NASCIMENTO.

Nenhum comentário:
Escreva comentários

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão

Seguidores

Acessos

Postagens