sábado, 3 de março de 2018

Militar preso tenta suicídio, após nova operação da Secretaria de Segurança Pública

Resultado de imagem para imagem de uma corda de pano para se enforcar
Imagem ilustrativa
O Major Rangel preso na primeira operação da Secretaria de Segurança Pública no dia 22 de fevereiro, que desbaratou uma milícia, tentou o suicídio nesta sexta-feira (2). Ele é apontado como um dos integrantes de uma Organização Criminosa que contrabandeava cigarro e bebida, além de ter armamento e munição armazenada.

O militar está preso no Quartel da Polícia Militar e ao tomar conhecimento que descobriram novos fatos, Rangel teria entrado em desespero e chegou a tentar encerrar sua própria vida.

O advogado do Major Rangel em contato, identificado por Leonardo Quirino informou que não procede a informação e que o seu cliente não faz parte de Organização Criminosa.

Nenhum comentário:
Escreva comentários

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão

Seguidores

Acessos

Postagens