domingo, 15 de abril de 2018

Aluisio Mendes destaca, na Câmara Federal, condenação de Detinha

Durante a semana, foi confirmada a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) negando um recurso da ex-prefeita de Centro do Guilherme, Maria Deusdete de Lima, da Detinha (PR), que é esposa do deputado estadual Josimar de Maranhãozinho (PR), que foi o mais votado nas eleições de 2014.

O STF manteve a decisão do Tribunal de Justiça do Maranhão, que condenou aex-prefeita Detinha, em 2016, por fraude em licitação. Ela foi condenada a quatro anos de detenção, mas a pena foi substituída por prestação de serviço à comunidade e pagamento de 10 salários mínimos, além de multa no valor de R$ 10 mil.

A decisão do STF transforma, definitivamente, a ex-prefeita Detinha em inelegível, baseado na Lei da Ficha Suja. Com isso, atrapalha os planos do deputado Josimar de Maranhãozinho, que pretende deixar a Assembleia Legislativa para disputar uma vaga na Câmara Federal, mas queria eleger a esposa deputada estadual.

A decisão do STF foi destacada na Câmara Federal pelo deputado Aluisio Mendes. O parlamentar parabenizou a medida e, em sua fala, sobrou até para o deputado Josimar de Maranhãozinho.

“A decisão do STF é muito importante, pois sinaliza aos prefeitos daquela região que recursos públicos tem que ser utilizados em prol da população e aqueles gestores que queiram seguir na mesma linha de atuação da ex-prefeita Detinha e do seu marido, o deputado Josimar de Maranhãozinho, pensem bem antes de usar os recursos públicos de maneira equivocada”, afirmou. Veja abaixo o vídeo.

Nenhum comentário:
Escreva comentários

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão

Seguidores

Acessos

Postagens