quinta-feira, 12 de abril de 2018

Bebê nasce mais de quatro anos após pais morrerem, na China

PEQUIM — O filho de um casal chinês nasceu mais de quatro anos após a morte de seus pais. Isso foi possível porque os avós venceram uma batalha judicial para seguir em frente com o método da fertilização in vitro pela ajuda de uma barriga de aluguel.

Cinco dias antes de a mulher passar pelo processo de transferência dos óvulos congelados para seu útero, o casal sofreu um acidente de carro e não resistiu aos ferimentos, em março de 2013. Com isso, os pais de Shen Jie e Liu Xi sentiram que precisavam continuar com a fertilização, para que o neto pudesse nascer. A luta judicial pelo direito dos quatro óvulos foi um caso complicado e sem precedentes na China, de acordo com o jornal "Benjin News".

Os pais das vítimas encontraram a mulher que gerou o menino em Laos, ao Norte do país, em janeiro de 2017, por meio da ajuda de uma agência não reconhecida, já que essa opção é ilegal na China. O neto deles, chamado Tiantian, que significa "doce", nasceu em dezembr em um hospital da cidade de Cantão.

"Os olhos de Tiantian parecem com os da minha filha, mas de modo geral, ele parece mais com o pai", afirmou Hu Xinxian.

No último mês, a família celebrou seus 100 dias com uma pequena confraternização para os mais chegados.

Quando o menino for maior, os avós pretendem contar sua origem.

"Esse menino precisa saber sobre sua chegada no mundo. Outros bebês têm seus pais e mães, mas ele não. Nós definitivamente vamos contar a ele no futuro. Como não poderíamos?", disse o avô Shen Xinan.

Nenhum comentário:
Escreva comentários

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão

Seguidores

Acessos

Postagens