domingo, 22 de abril de 2018

Teste avalia serviços de armazenamento na nuvem; veja qual é o melhor

Teste avalia serviços de armazenamento na nuvem; veja qual é o melhor
A era digital já passou por vários períodos desde disquetes para os CDs, DVDs, pendrives e HDs externos. Atualmente, o recurso mais utilizado é o armazenamento em nuvem. Para descobrir a eficácia desses serviços, a Proteste, associação de consumidores, testou 11 plataformas. Entre os resultados, há boas opções gratuitas que oferecem backup instantâneo, compartilhamento e edição de arquivos.

Quando se trata da capacidade de armazenamento, o consumidor que possui poucos arquivos, pode contentar-se com um plano gratuito, tais como o Mega e Degoo. Já para os que possuem integração com o Microsoft Office – suíte de aplicativos para escritório –, uma facilidade é utilizar o Dropbox, Onedrive e Box – mais amplamente divulgados.

A possibilidade de editar arquivos sem ter que fazer o download é outro diferencial de um serviço moderno na nuvem. Nesse aspecto, os serviços Box, Cloudme, Dropbox, Google Drive, iCLoud, Onedrive e Proximus se destacaram.

Todos os avaliados oferecem a possibilidade de compartilhar os arquivos com outras pessoas e até mesmo permitir que elas os editem. Contudo, alguns possuem mais recursos do que outros. Por exemplo, apenas o Hubic tem a função nos planos gratuitos de definir por quanto tempo o arquivo pode ficar disponível para quem você compartilha. Enquanto o Dropbox permite isso somente para quem possui o plano pago.

Apenas o Box, Dropbox, Google Drive e Onedrive oferecem edição simultânea. Em relação à segurança, a associação viu que, com exceção do Cloudme e do Proximus, todos possuem criptografia adequada, garantindo que o usuário esteja seguro em suas transferências de arquivos.

Para avaliar a usabilidade foram criados três cenários: para um usuário único, para um que quer fazer backup e edições online e outro que pretende acessar por vários aparelhos. Nos três, os que se saíram melhor foram Google Drive, Dropbox e Onedrive. Eles são fáceis de iniciar, simples para o usuário básico, fazem backup, possuem edição online e podem ser acessados de diversos produtos. O Degoo, por sua vez, obteve um resultado muito ruim nos três cenários simulados. Vale destacar que Google Drive, Dropbox e Onedrive também foram considerados, de novo, os mais bem avaliados de todo o teste.

Cuidados antes de contratar o serviço 

Antes de optar por um dos serviços, é necessário observar se ele é compatível com o sistema operacional do aparelho móvel em que será utilizado. Notebooks Windows e smartphones com iOS não terão dificuldades de acesso, já que todos os serviços são compatíveis com eles.

Porém, o consumidor terá problemas se quiser acessar seus arquivos por meio de um notebook Linux, de um celular Windows Phone ou de um e-reader Kindle. As nuvens Google Drive, Onedrive, Box, iCloud, Degoo e Proximus não possuem suporte no Linux. E, no Kindle, só Dropbox e Onedrive.

Nenhum comentário:
Escreva comentários

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão

Seguidores

Acessos

Postagens