quinta-feira, 28 de junho de 2018

Bebê cai de cabeça e morre durante parto no hospital Materno Infantil de Pinheiro

Uma mulher identificada como Joana, da cidade de Mirinzal, acusa o hospital Materno Infantil de Pinheiro de negligência. A mulher teve filho em pé, a criança caiu no chão do hospital, bateu a cabeça e morreu.

A mulher relatou o fato via telefone ao repórter e apresentador, Flávio Rocha do Sistema Pericumã de Comunicação de Pinheiro. Dona Joana disse que já estava com 8cm de dilatação e sagrando. Uma enfermeira mandou a paciente tomar banho.

Segundo relata Dona Joana, percebendo que a criança estava prestes a nascer, ela voltou para o quarto sem tomar banho. A enfermeira que não teve o nome revelado e estava acompanhando o caso, mandou que paciente subisse na cama.

Joana disse a enfermeira que sozinha não conseguiria, diante do impasse, a criança nasceu e caiu no chão do hospital, batendo a cabeça e morrendo. Ouça o áudio abaixo da paciente.

O hospital materno infantil de Pinheiro, já foi reinaugurado duas vezes pelo prefeito da cidade Luciano Genésio, em menos de uma ano e meio de gestão. A reforma na unidade hospitalar, anunciada pelo prefeito, não passou de pintura de paredes.

Não bastasse os constantes casos de negligenciam, a parte interna do hospital é o retrato do abandono da saúde da cidade. Um acompanhante de um paciente, fez imagens internas e enviou a redação do blog

Nenhum comentário:
Escreva comentários

REGRAS DE POSTAR SEUS COMENTÁRIOS;

- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluidos
- Deixe sua opinião e evite palavras de baixos escalão

Seguidores

Acessos

Postagens